PAVILHÃO DO CONHECIMENTO
CIÊNCIA VIVA
REDE CENTROS CIÊNCIA VIVA
facebookfacebookfacebookyoutubevimeo

O Pavilhão do Conhecimento é um dos locais preferidos dos turistas de todo o mundo.

Trip Advisor

Conheça o programa Ciência Viva.

Logo Ciência Viva

Já visitou os Centros Ciência Viva?
Descubra onde estão.

Logo Ciência Viva

Descubra este projecto inovador.

Escola Ciência Viva

Henrique Leitão, 26 de Fevereiro 2015

 


26 de Fevereiro | Henrique Leitão | Portugal no Século XVI: Histórias de pilotos e de sábios

 
Vídeo da Conferência
 
 
Um dos principais contributos que a ciência portuguesa deu ao mundo foi a primeira carta magnética. No séc. XVI os pilotos das caravelas portuguesas sulcavam o oceano com as suas bússolas, sem nunca perder o norte… Os dados que recolhiam permitiram aos cientistas da época realizar a primeira carta do campo magnético terrestre. A carta estará em exposição durante a conferência, com a colaboração do Museu de Marinha.

 

Nuno Ferreira Santos/Público

Henrique Leitão doutorou-se em Física na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Cedo enveredou pela História das Ciências, em particular pelo estudo das ciências matemáticas em Portugal nos séculos XVI e XVII.

Coordenou a comissão científica responsável pela publicação das Obras Completas de Pedro Nunes e, em 2013, foi o Comissário da exposição “360º Ciência Descoberta”, realizada na Fundação Calouste Gulbenkian. É membro de Academias nacionais e estrangeiras, nomeadamente a Académie Internationale d'Histoire des Sciences e a European Society for the History of Science. É também o representante nacional na Division of History of Science and Technology da International Union of History and Philosophy of Science.

Foi-lhe atribuído o Prémio Pessoa 2014, em reconhecimento do seu “trabalho inovador de reconstrução histórico-científica do legado científico português e peninsular para a Modernidade".

 

Foto: Nuno Ferreira Santos/Público 


Descarregue o cartaz de divulgação

Henrique Leitão | TEDxLisboaED

 

 

O Ciclo de Conferências Ciência Viva tem como media partner o jornal Público.